ONG de Porto Alegre fecha as portas após ser arrombada pela nona vez

Instituto SanMartin fica no bairro Tristeza, na Zona Sul da capital. Foram 14 anos de atividades e ajuda principalmente a crianças carentes.

Uma ONG que ajuda crianças carentes em Porto Alegre vai fechar as portas depois de ter sido arrombada. Foram 14 anos de atividades. A presidente da entidade anunciou que vai encerrar as atividades depois de o local ter sido assaltado nove vezes nos últimos 12 meses (veja na reportagem).

Presidente de ONG decidiu fechar o local (Foto: Reprodução/RBS TV) 
 
Presidente de ONG decidiu fechar o local
(Foto: Reprodução/RBS TV)
 
O Instituto SanMartin fica no bairro Tristeza, na Zona Sul da capital. Os bandidos arrebentaram oito cadeados, quebraram as grades elevaram tudo que tinha aqui lá dentro. Foi na madrugada desta quinta-feira (10).

“A gente não pode continuar trabalhando para marginal. Já nove vezes. Por enquanto só houve danos materiais, e a gente não pode correr o risco de ficar esperando”, desabafa a presidente da ONG, Iara Zinner.

As doações arrecadas chegavam a duas toneladas de alimentos por mês. Nas redes sociais, ela publicou um texto anunciando o fechamento da ONG e classificou os ataques ao local como “desrespeito total e completo com os necessitados, um golpe na luta pela cidadania e igualdade”. Ela chegou a pedir desculpas às crianças que ficarão desatendidas com o fechamento do local.

Além dos alimentos doados, o Instituto SanMartin funcionava como um brechó, por meio da venda de roupas a preços acessíveis. A organização foi criada por Iara há 14 anos, após a morte do filho dela.

ONG fica no bairro Tristeza, na Zona Sul de Porto Alegre (Foto: Reprodução/RBS TV) 
 
ONG fica no bairro Tristeza, na Zona Sul de Porto Alegre (Foto: Reprodução/RBS TV)
Leia o texto na íntegra:
 
"E é com grande pesar e tristeza em nossos corações que informamos o fechamento oficial das portas do Instituto Sanmartin, após 14 anos de amor ao próximo. Foram mais de 270 toneladas de alimentos doados, 80 instituições amparadas e 6000 pessoas auxiladas direta ou indiretamente.

Hoje, nos deparamos com o 9º arrombamento em 12 meses. Um desrespeito total e completo com os necessitados, um golpe na luta pela cidadania e igualdade. Quem sabe um dia conseguiremos restabelecer nosso projeto, com uma nova casa, uma nova chance de ajudar os mais necessitados, uma nova vida de sonhos renovados.

Por agora, pedimos desculpas para as crianças que não terão mais o conforto da comida garantida no prato, ao idoso, tão desrespeitado socialmente, mas que tinha uma alimentação digna diariamente, aos deficientes físicos que tanto puderam contar com o suprimento das suas necessidades básicas.

Aos grandes e pequenos que também vestimos decentemente, desde a nossa época de loja na Restinga. Agradecemos as parcerias das instituições amigas, dos amigos amados e voluntários queridos, dos quais guardaremos para sempre os sorrisos sinceros, as lágrimas de alegria divididas, o suor incansável das campanhas, o esforço físico e psicológico incondicionais. E por fim, e do fundo do nosso coração, um agradecimento sincero e especial ao nosso anjo protetor, razão da nossa história, querido Sanmartin.

Obrigada pela sua luz e inspiração, pelo seu coração bondoso que, mesmo em outro plano espiritual, nos ensinou a plantar sementinhas do bem por onde passamos, e em nossos próprios corações, nos tornando pessoas melhores. Gratidão eterna.

Para aqueles que gostariam de continuar ajudando, disponibilizaremos a lista de instituições auxiliadas mensalmente e o número de quilos de alimentos semanalmente repassados.
Ilustramos esta publicação com uma foto bonita e alegre que representa exatamente aquilo que ficará guardado para sempre em nossos corações.

Um beijo no coração de todos, fiquem com Deus".
http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2016/03/ong-de-porto-alegre-fecha-portas-apos-ser-arrombada-pela-nona-vez.html

 

Comentários

#Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *