Ministro irlandês revela homossexualidade, gesto inédito no país

O ministro irlandês da Saúde, Leo Varadkar, de 36, assumiu sua homossexualidade, em público, neste domingo, tornando-se o primeiro ministro abertamente gay da história da Irlanda, a quatro meses do referendo sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo neste país de tradição católica.
O anúncio foi feito em uma entrevista à RTE, a Radiotelevisão Nacional Irlandesa.
Varadkar é considerado um possível substituto para a liderança do partido de centro direita Fine Gael, da situação, no lugar do primeiro-ministro Enda Kenny.
"Sou homossexual. Isso não é segredo, mas não é uma coisa que todo mundo saiba, necessariamente, e não é uma coisa, sobre a qual eu tenha falado publicamente antes", afirmou Varadkar.
O ministro disse que fará campanha em favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo, para o referendo que acontece em maio, e explicou que quer ser "honesto com as pessoas".
"Quero que as pessoas saibam que tomava todas minhas decisões em função do que eu acredito ser o interesse público", acrescentou.
As pesquisas apontam que a Irlanda votará pela união gay.

Comentários

#Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *