Cileno nega preconceito e diz que site apagou post polêmico

A postagem tinha mais de 150 comentários, muitos vindos dos fãs que se decepcionaram com os termos usados. Cileno avalia que foi mal interpretado. Foto: Acervo/ DA  
 

Cileno avalia que foi mal interpretado.
Manaus - O cantor amazonense Cileno Conceição causou polêmica ontem ao postar em sua página no facebook suas opiniões a respeito da decisão do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), que autorizou o casamento civil de homoafetivos, na quarta-feira (5). No post, o cantor declara que, para ele, o casamento homoafetivo 'não passa de boiolagem escancarada'.

Em entrevista ao Portal D24AM, Cileno afirma que nunca foi preconceituoso. "Eu deixei bem claro nos meu comentários que era contra o rótulo 'homoafetivo', e muitas pessoas distorceram os fatos, levaram para o lado pessoal. Tenho amigos homossexuais e nunca os tratei mal.

O cantor também diz não ter medo de perder os fãs. "Posso ter perdido alguns mas não vou apagar o post, nunca vou deixar de expressar a minha opinião própria só porque sou uma pessoa pública."
Apesar da declaração, o post foi deletado do perfil dele após a entrevista. Cileno, no entanto, afirmou que o post não foi deletado por ele. "O Facebook me notificou que o post havia sido deletado devido a regras de conduta da rede social. Eu continuo sustentando a mesma opinião", respondeu Cileno, quando perguntado sobre o sumiço do post.

A postagem tinha mais de 150 comentários, muitos vindos dos fãs que se decepcionaram com os termos usados. Daniel Holanda comentou. " Você como figura publica que é, deveria se abster de postar tantas idiotices e focar na divulgação da sua "reles" carreira musical. Tô excluindo você porque não sou obrigado a ler tanta asneira".

Fabrício Nunes achou o comentário desnecessário. "Com essa sua afirmação você esta reforçando para que seus fãs tenham preconceito para os LGBT. Essa sua opinião é GRATUITA e me admira muito você como artista falar isso. COMENTÀRIO INFELIZ!".

#Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *