Quanto vai render a Copa das Confederações para Pernambuco?

 
Na Copa do Mundo, a previsão de incremento no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro é de R$ 183 bilhões. Cerca de135 bilhões deverão circular na economia do país. Os números são fruto de uma parceira entre o Sebrae e a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ao contrário do que acontece com o Mundial, não há nenhum estudo detalhado sobre o impacto econômico da Copa das Confederações.

Na ausência de dados específicos, não há como traçar um paralelo mais preciso entre os dois eventos. Isso não tira a certeza do apelo global em torno do evento-teste. No caso de Pernambuco, especificamente, a proximidade com o São João torna-se um atrativo a mais para o turista. O governo da Bahia, por exemplo, já começou a se mobilizar para atrelar a competição ao período junino.

O turista de Copa do Mundo costuma gastar muito dinheiro, em torno de R$ 11 mil, excluindo a passagem aérea. O dado encomendado pelo Ministério do Turismo à FGV, neste caso, serve de parâmetro para a Copa das Confederações. A maior parte dos turistas são homens, solteiros e com alto grau de instrução: 54% possuem ensino superior completo e a renda familiar mensal é de R$ 23.402.

Do total de 4.835 dos visitantes entrevistados que estiveram na África do Sul, em 2010, 83% fizeram viagens adicionais pelo país. Em média, visitaram 3,8 cidades do país. Isso pode ser um trunfo do Nordeste.

#Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *