Curso de direitos humanos forma nova turma no Degase

Jornal do Brasil
 
 
 
O Curso de Educação em Direitos Humanos, ação compartilhada entre o Novo Degase e o Instituto Humanae Vitae (IHV), formou na última quinta-feira uma nova turma no auditório da Escola de Gestão Socioeducativa Paulo Freire (EGSEPF). Foi a segunda turma do curso que tem como alvo os servidores do sistema socioeducativo. A terceira turma está sendo formada, as inscrições estão abertas e as vagas quase esgotadas. O encerramento do curso foi presidido pelo subdiretor geral do Novo Degase, Roberto Bassan, que agradeceu a participação dos funcionários e considerou fundamental a realização do curso para o aprimoramento dos servidores.
Entre os 44 formandos estão psicólogos, pedagogos, agentes socioeducadores, assistentes sociais e também diretores de unidades do sistema.
 
O primeiro curso foi realizado no semestre passado com 47 inscritos. O segundo, iniciado com 60 inscritos em agosto, terminou agora e mostrou o interesse que os temas apresentados despertaram. Dessa turma, 16 servidores por não terem atingido o percentual de 70% de presença, não receberam certificados mas poderão repor as aulas perdidas e completar o curso nessa nova turma.
Com carga horária de 44 horas, a terceira fase do curso se inicia no próximo dia 22 e termina em 31 de janeiro do próximo ano. Diferentemente das duas etapas anteriores, nesta as palestras acontecerão só na parte da manhã, entre 8h30 e 13 h.
 
A ação compartilhada entre o Novo Degase e o IHV estabeleceu que o curso de Educação em Direitos Humanos teria ao todo cinco turmas. As quarta e quinta etapas vão acontecer entre 14 de fevereiro e 25 de abril e 9 de maio e 25 de julho de 2013. No eixo temático do curso foram dadas 22 palestras, todas de grande importância na formação e na valorização do servidor. Assuntos como o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) e Metodologia do Atendimento Socioeducativo do Degase, ambas ministradas pelo subdiretor geral Roberto Bassan; O Abuso Sexual contra crianças: fortalecendo a rede e promovendo direitos; Lei 11.340/06 – Lei Maria da Penha – Conhecendo a legislação e seus aspectos controvertidos; Homofobia; Intolerância Religiosa e Racial; Gerenciamento de Crise e Prevenção e Combate a tortura; entre outros temas prenderam a atenção e levantaram discussões.

#Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *