No Recife, policial de bicicleta morre atropelada por PM sem habilitação


Uma policial militar de 28 anos que estava realizando um passeio ciclístico pelo Recife morreu atropelada na noite de domingo (1º), de acordo com informações o Corpo de Bombeiros. A vítima estaria com companheiro no Cais do Apolo, próximo à prefeitura da capital pernambucana e ao Forte do Brum, quando foi atingida por veículo Renault conduzido por outro policial militar.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista do veículo não fugiu e prestou os primeiros atendimentos. Em nota oficial, a Polícia Militar de Pernambuco informou que o tenente foi encaminhado para o centro médico-hospitalar da corporação para realizar o teste do bafômetro, acompanhado da irmã da vítima.

O exame apontou que o homem não teria consumido bebida alcoólica antes de dirigir. Entretanto, a PM informou que o motorista não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O tenente será encaminhado, nesta segunda (1º) à Delegacia da Avenida Rio Branco, no Bairro do Recife, para prestar depoimento.

No acidente, o companheiro da polical que morreu – também soldado da PM – ficou ferido e foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Olinda. De acordo com a unidade de saúde, o homem teve ferimentos leves e recebeu alta médica durante a madrugada desta segunda. O corpo da policial seguiu para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, de onde já foi liberado.

Através da nota, a Polícia Militar lamentou a morte dela e se solidarizou com a família. O texto diz ainda que a corporação “adotará todas as ações que, no campo legal, tiverem de ser adotadas, visando o esclarecimento de dúvidas”.

#Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *