Para Elias Gomes, Cleiton Collins usa evangélicos como massa de manobra eleitoral

 
BlogImagem
 
O prefeito de Jaboatão e candidato a reeleição, o tucano Elias Gomes, fez um duro ataque ao principal concorrente na disputa municipal, o pastor e deputado estadual Cleiton Collins, no debate do programa CBN Total, com Aldo Vilela. Ele acusou Collins de usar a religião para fazer política no município, de forma questionável.
 
“Eu condeno o uso da fé, a distorção do papel do pastor. Não se deve fazer fundamentalismo religioso. Eu mesmo governo para todas as religiões. Infelizmente, não é a compreensão de Cleiton Collins. Ele tentou usar os evangélicos como massa de manobra de seus interesses eleitorais no município, mas não teve sucesso”, disse. No ar, ele revelou ainda que gravou um depoimento do pastor Justino, da igreja Universal da Madureira. Trata-se da mesma agremiação religiosa do deputado estadual.

Depois de ter chegado atrasado ao debate, cerca de 10 minutos, o prefeito explicou que estava justamente em um almoço com os membros da igreja de Cleiton Collins. “Eu lidero no segmento religioso em Jaboatão. Não era justo que Collins fizesse com que os evangélicos se sentissem obrigados a votar nele”, explicou, ao responder uma observação feita pelo adversário no dia anterior. Collins explicou que tem dado menos destaque ao cargo de pastor antes do nome para evitar sofrendo preconceito por ser religioso, em uma ação atribuída aos adversários.
 

Comentários

#Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *